Notícias

Novidades em energia sustentável

Gesto simboliza o apagão de uma gestão com grande passado pela frente

A decisão foi um choque para aqueles preocupados com o consumo de energia limpa. O ministro de Minas e Energia, Wellington Moreira Franco, abriu mão do carro elétrico que tinha à disposição. Apontado como símbolo de energia limpa e renovável, o carro é silencioso, moderno e não poluente. Mas não parece combinar com um governo fóssil, voltado para o passado — nas práticas e nas escolhas de quadros.

Em abril, assim que chegou à pasta responsável por cuidar da eletricidade no Brasil — e também de petróleo e mineração —, o ministro abandonou o automóvel elétrico fornecido pela maior hidrelétrica do país, a de Itaipu.

Moreira Franco trocou a Secretaria-Geral da Presidência da República, sediada no Palácio do Planalto, por uma vaga na Esplanada dos Ministérios em meio a uma reforma ministerial forçada pelas eleições de outubro. O antigo titular de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho (DEM), deixou o posto para concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados por Pernambuco.

Desde junho de 2017, Coelho Filho andava em Brasília a bordo de um Renault Fluence, de cor preta, movido a eletricidade. O carro mereceu festa de “inauguração” na porta do Ministério de Minas e Energia (MME), com a presença de autoridades do setor elétrico.

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior, estava lá, radiante. É que o carro foi repassado ao governo por Itaipu, controlada pela estatal — que tem uma frota de veículos elétricos, de carros de passeio a avião. O comunicado oficial elencava as vantagens do carro agora desprezado por Moreira Franco. “Além de não poluir o ambiente, um detalhe vai chamar a atenção do ministro: o silêncio. O motor elétrico não produz ruído”, dizia.

Fonte:  Época

 

Sobre o autor

Diretor Técnico da LuzSolaris, Engenheiro Eletricista e Civil, com mais de 30 anos de experiência na área técnico-administrativa, ex-proprietário de empresas na área comercial e industrial.

Deixe um comentário

© 2015 LuzSolaris Energia Renovável